Espaço em Branco

30/07/2009

Saudades daquilo que não vivi…

Filed under: Sem categoria — 1988anapaulapinto @ 1:18

gilda

Ontem assisti o filme Gilda e senti saudades…

Saudades do tempo em que cinema era pura expressão de arte.

Saudadades do tempo dos grandes diretores, que eram verdadeiros artesãos na arte de fazer cinema.

Saudades dos roteiristas brilhantes, com seus dialogos tão genias que ganhavam “vida própia”.

Saudades dos personagem bem construidos, extremamente humanos que não se limitavam a “protagonista bonzinho” e “antagonista vilão”.

Saudades das grandes atrizes  lindas, elegantes, sofisticadas e extremamente talentosas.

Saudades dos grandes atores com seu charme irresistível, sofisticados e também extremamente talentosos.

Saudades dos grandes filmes, tão sensacionais onde tudo funcionava com uma perfeição invejável.

Saudades dos anos de ouro de Hollywood.

Saudade daquilo que não vivi e que hoje já não existe mais.

Ou será que vivi?

Anúncios

Blog no WordPress.com.