Espaço em Branco

30/07/2009

Saudades daquilo que não vivi…

Filed under: Sem categoria — 1988anapaulapinto @ 1:18

gilda

Ontem assisti o filme Gilda e senti saudades…

Saudades do tempo em que cinema era pura expressão de arte.

Saudadades do tempo dos grandes diretores, que eram verdadeiros artesãos na arte de fazer cinema.

Saudades dos roteiristas brilhantes, com seus dialogos tão genias que ganhavam “vida própia”.

Saudades dos personagem bem construidos, extremamente humanos que não se limitavam a “protagonista bonzinho” e “antagonista vilão”.

Saudades das grandes atrizes  lindas, elegantes, sofisticadas e extremamente talentosas.

Saudades dos grandes atores com seu charme irresistível, sofisticados e também extremamente talentosos.

Saudades dos grandes filmes, tão sensacionais onde tudo funcionava com uma perfeição invejável.

Saudades dos anos de ouro de Hollywood.

Saudade daquilo que não vivi e que hoje já não existe mais.

Ou será que vivi?

Anúncios

26/07/2009

Grace Jones

Filed under: Sem categoria — 1988anapaulapinto @ 1:16

Quem tem medo da tia Grace?

grace-jones-v-01 

grace-jones-by-jean-paul-goude

grace-jones

GraceJones

grace_jones_01

 

22/07/2009

Racismo no Brasil

Filed under: Sem categoria — 1988anapaulapinto @ 2:40

debret

debret2

 

Fico impressionada como ainda o racismo é forte no Brasil. E não adianta me dizer que no Brasil não tem essa, que somos todos iguais, que o Brasil é mestiço porque conforme a ocasião o racismo se mostra bem presente.

O que eu acho de agravante no “nosso” racismo, é que aqui a coisa corre de forma hipocrita,velada. Nos E.U.A por exemplo o inimigo se mostra de forma mais clara, é de fácil indentificação e quando o inimigo é visivel é muito mais fácil combatê-lo.Aqui, pessoas que se dizem próximas, amigas podem esconder um sentimento racista, mas não revela ou apenas insinua, para “não pegar mal”.

Senão vejamos. Quando se entra em pauta o assunto “cotas” por exemplo(ação afirmativa não sou 100% favorável, mas acho importante), ou a Revista Raça Brasil(revista de comportamento direcionada para os negros) vem um monte de gente dizendo que isso sim é racismo, que isto é um absurdo e que não faz sentido porque somos miscigenados, o negro está se excluindo. Acontece que nunca vi essas mesmas pessoas com “dificuldade” para diferenciar um negro de um branco quando estranha o mesmo entra uma loja mais sofisticada, ou quando um aparece do seu lado e aperta a bolsa com medo de ser assaltado, ou quando ficam preocupados quando o filho(a) aparece em casa com o namorado “de cor”.E as mesmas pessoas que reclaman da Revista Raça porque só colocam na capa personalidades negras, nunca vi as mesmas reclamando da Revista Nova, que em 30 e tantos anos nunca colocou uma modelo negra na capa.Ou da lendária Vogue que só foi colocar uma modelo negra na capa nos idos dos anos 90.

Não estou dizendo que o negro é coitadinho, até porque não acredito nisto.Mas jogar a culpa para o nosso lado, dizer que nós é que somos racistas enquanto apenas estamos lutando por igualdade e mesmos direitos, sorry, esta eu não engulo.O pior é que tem muitos negros que caem nesta lorota.Já vi muito “tiziu”, “tição” se auto proclamando moreno claro e culpando o sol pelo tom escuro da pele.Sem contar aqueles que não se relacionam com negros com a esperança de clarear a família.Mal sabe ele que a Africa está arraigada no Brasil até o talo.Aliás este tipo não deve nem saber a história dos antepassados dele, geralmente são pessoas completamente ignorantes e alienáveis e sem um pingo de personalidade.Diferente dos negros americanos, que podem até ser bairristas(e são) mas tambem são extremamente unidos e engajados. Resultado: Negros bem sucedidos em todas as esferas da sociedade, inclusive um presidindo o país deles.

Voltando a “elite” branca hipócrita, sinceramente tenho pena deles.Se soubessem que seus antepassados europeus que se orgulham tanto vieram para cá tão miseráveis quanto os escravos africanos, com certeza reveriam os seus conceitos.E se também soubessem que na europa TODOS NÓS não passamos de latinos, gentinha de terceiro mundo, sentiriam vergonha de seus atos.Aliás morro de rir quando vejo esse povo barrado nos aeroportos europeus por puro preconceitos do povo de lá. Todo mundo com cara de bunda e com a malinha na mão de volta para a Terra Mãe.Como diz o ditado: Malagueta no c$# dos outros é Tang Uva.

Tambem não sou à favor de fanatismo que alguns movimentos negros defendem, como por exemplo, não alisar o cabelo e se vestir como se estivéssemos vivendo na Africa. Não acho que seja por aí. O que acho que nós deveríamos fazer é alem de se conscientizar de sua situação e não achar que vivemos  no Páis das Martavilhas que o racismo não existe, é não abaixar a cabeça jamais. Jamais posar de coitadinho e driblar de forma mais honesta possível as barreiras que são postas.É só o que nos resta, já que o racismo é algo que infelizmente vai perdurar por muito tempo.

20/07/2009

Negro é Lindo

Filed under: Sem categoria — 1988anapaulapinto @ 19:18

E sinto pena de quem pensa o contrário!

laurynhill

chiwetel_ejiofor__2_

Erykah_Badu_umvd007

isaiah_washington_1

halle-berry2

cubagjr

lazaro

holliday

clara

thoward

paula%20lima%2003

Coltrane

will-smith-interview-01-af

ultima

Dia do Amigo

Filed under: Sem categoria — 1988anapaulapinto @ 18:30

corrente_amizade

 

Amigo é coisa para se guardar
Debaixo de sete chaves
Dentro do coração
Assim falava a canção que na América ouvi
Mas quem cantava chorou
Ao ver o seu amigo partir

Mas quem ficou, no pensamento voou
Com seu canto que o outro lembrou
E quem voou, no pensamento ficou
Com a lembrança que o outro cantou

Amigo é coisa para se guardar
No lado esquerdo do peito
Mesmo que o tempo e a distância digam “não”
Mesmo esquecendo a canção
O que importa é ouvir
A voz que vem do coração

Pois seja o que vier, venha o que vier
Qualquer dia, amigo, eu volto
A te encontrar
Qualquer dia, amigo, a gente vai se encontrar.

Feliz dia do Amigo!

16/07/2009

Maria Callas, a minha nova diva!

Filed under: Sem categoria — 1988anapaulapinto @ 16:08

MariaCallas

Dia desses assisti ao documentário Callas no GNT e fiquei impressionada com a figura da cantora. Considera um dos maiores nomes do canto lírico de todos os tempos, Maria Callas seguia a risca a “cartilha” de uma Diva: Extremanete talentosa, temperamental, tinha fama de tigresa devido ao seu perfeccionismo. Tinha o temperamento forte e fazia o que dava na telha.Além disso era de uma elegância que só uma Diva possui.

Certa vez abandonou a ópera Norma num teatro em Roma. Detalhe: O presidente italiano estava na platéia.Ela tambem sempre dava declarações bombasticas a imprensa e certa vez desabafou sobre a sua demissão de uma peça. Como qualquer diva, tinha uma vida conturbada, tão tragica quantos as peças que ela encenava.Para piorar a situação, ela se envolveu em um tórrido romance com o ricaço e mulherengo de primeira, Aristoteles Onassis. Dizem que a partir daí a carreira dela começou a declinar, já que faltava com frequencia e começou a beber muito. Morreu sozinha em um apartamento em Paris nos idos dos anos 70, já decadente, mas a sua obra está aí para quem quiser apreciar.

Callas era uma Diva com “D” maiúsculo.

14/07/2009

Vergonha Alheia.

Filed under: Sem categoria — 1988anapaulapinto @ 2:38

catwoman_ver3

Hoje a tarde, mergulhada no mais profundo ócio, assisti ao filme Mulher-Gato com Halle Berry no SBT. Digo com toda a certeza do mundo: É um dos piores filmes já feitos. O filme é tão ruim, mas tão ruim que deixaria Ed Wood constrangido. Aliás, parecia que o diretor queria competir com a “obra-prima” Plano Nove do Espaço Sideral! Lixo Total,pelo menos os erros me divertiram.

A “história” é a seguinte: Uma mulher malacabada trabalha em uma empresa de cosméticos(OI?),que está prestes a lançar uma linha de cremes de procedência suspeita. A tal malacabada, que nesse interim se envolve com um policial bonitão, descobre a tal maracutaia e é assassinada.Só que ela renasce das cinzas como a Mulher-Gato, uma mulher bela e sdutora(leia-se vulgar).Pelo menos foi isso que eu entendi, pq o roteiro é mais confuso que papo de bêbado.Tudo no filme era de quinta. Um diálogo pior do que o outro pena que eu não anotei nehum na hora, os figurinos péssimos, a direção extremamente confusa, e as atuações…deixa pra lá.

Mas até estava me divertindo, triste mesmo foi ver a belíssima e talentosa Halle Berry protagonizando um filme desses.Eu não sei o quer pior,se ela toda descabelada e com uma roupinha à lá Ugly Betty(como se fosse possível uma pessoa assim trabalhar em um empresa), ou ela de mulher gato, com uma roupinha extramente brega, os peitos quase pulando pra fora, com um batom extremamente vermelho e um chicotinho na mão. Com certeza ela tinha dividas para pagar quando aceitou se prestar a isso. Sharon Stone tambem pagou King Kong “interpretando” a dona da tal loja de cosméticos e assassina psicopata nas horas vagas. Nem o bonitão Benjamin Bratt salvou o filme. Uma desgraça sem precedentes!

Se você tem uma vibe estranha, assim como eu, e se diverte com filmes péssimos vá em frente. Mas se é um grande adimirador da Sétima Arte e prima pela qualidade, não passe nem perto! Esse filme é um atentado contra o bom gosto cinematográfico.

PS: O filme estava dublado, o que só piorou a situação!

08/07/2009

Gula, o meu pecado capital.

Filed under: Sem categoria — 1988anapaulapinto @ 23:57

06-batatas-Fritas

arroz_feijao

20070512-brigadeiro001[1]

ceasar_salad

frutas%5B1%5D

macarrão

peixe

pizza

Sushi2

torta

yakisoba

06/07/2009

Extraterrestres…

Filed under: Sem categoria — 1988anapaulapinto @ 17:51
Tags:

Dia desses, de madrugada, estava passando na TV o filme Contatos imediatos de terceiro grau e vi alguns trechos.Além do filme ser mara(ja tinha visto anteriormente), acho que esse filme é um dos melhores filme que abordam bem esta questão…
Sabe, acredito em vida fora da Terra. Não necessariamente em ET’s, mas que ha vida fora da Terra, isso tem!
Seria muita presunção achar que com tantas galáxias e cada uma uma com milhares,bilhares de planetas, a nossa querida Terra ser o unico planeta com vida inteligente.
Aliás,o termo “Vida inteligente” é bem questionável, já que o que mais tem faltado ultimamente ao ser humano é inteligência.Um povinho que destrói compulsivamente o próximo e o próprio habitat não tem nada de inteligente.
Não seria espanto nehum se descobrissem vidas muito mais inteligentes do que a nossa em outros planetas. Aliás se existirem, bem que eles poderiam dar um pulinho aqui na Terra e ter uma conversinha séria com os terráqueos. Ou então nos escravizar de uma vez! Já somos escravizados mesmos pelos própios homens, a única diferença é que os nossos “Senhores” seriam superiores,literalmente.
Independente de acreditar ou não, assistam Contatos Imediatos de Terceiro Grau. Um filmaço do grande Steven Spielberg!
contatos1

01/07/2009

Quem ama o feio,bonito lhe parece.

Filed under: Sem categoria — 1988anapaulapinto @ 2:12

cristadochines

cristadochines2

cristadochines3

cristadochines4

cristalchines5

“É um cão de pequeno porte, e sem pelos no corpo, exceto na cabeça, no rabo e nas patas. É um cão gracioso, ativo e de temperamento alegre. É muito ágil, rápido e elegante”.

Muitos(insensíveis, diga-se de passagem) diriam que essas criaturinhas são feias. Outros mais radicais diriam que são horrorosas. Na verdade esta raça,cristado chinês pelado, é considerada a raça mais feia do mundo e é figurinha carimabada nas eleições de cães mais feios do mundo. Pura falta de sensibilidade. É verdade que alguns são meio esquisitinhos, mas eles não tem culpa de serem assim e a grande maioria desses cães são simplesmente lindinhos, com seus tufinhos de pêlos na cabeça, no rabo e nas patas e seu corpinho pelado. “Taí” um cãozinho que eu gostaria de ter quando a minha Brigite se for.Simplesmente não existe cachorro feio, todos são criaturas divinas, angelicais.

 

Sim, sou louca por cachorros.

Blog no WordPress.com.